Quinta, 25 de Julho de 2024
°

Cidades Colniza

Movimentações populares de caráter politico e religioso marcarão o feriado de finados em Colniza

Pelo menos 3 manifestações populares deverão ocorrer em Colniza a partir de hoje

01/11/2022 às 17h08
Por: PAULO DE OLIVEIRA RIBEIRO
Compartilhe:
Movimentações populares de caráter politico e religioso marcarão o feriado de finados em Colniza

     Iniciando- se hoje (1º/11) um acampamento organizado por comerciantes da cidade e seguindo o exemplo de outras cidades aonde os manifestantes acampam em frente a unidades militares das forças armadas ou policias militares em Colniza o acampamento está sendo montado em frente à 11ª Companhia Independente de Policia Militar do Estado do Mato Grosso, de acordo com organizadores a manifestação é pela soberania da nação brasileira e não tem data prevista de termino. Barracas estão sendo montadas e um churrasco está sendo preparado para as pessoas que aderirem a manifestação, que será pacífica e sem vandalismos.

     Outra movimentação que está sendo divulgada pelos grupos de WhatsApp da região convoca a população para estar a partir das 5hs da manhã do feriado dia 2/11, vestidas de verde e amarelo, na praça da Bíblia, no centro de Colniza, iniciando com o Hino Nacional. A intenção é permanecer o dia inteiro em manifestação na praça, aonde também deverá haver um churrasco para os manifestantes.

     A terceira movimentação desse feriado de finados em Colniza é um evento pré agendado da OMEC (Ordem dos Ministros Evangélicos de Colniza) que tem também por objetivo clamar pela nação brasileira. O evento da OMEC vai ocorrer também na praça da Bíblia com previsão de inicio para as 19hs e terá a presença do pastor e cantor Neylando, do Rio de Janeiro.

     É possível que os 3 eventos acabem se fundindo a noite na praça da Bíblia aonde estará acontecendo o evento da OMEC.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias